Viajante apaixonado pela vida!

Você sabe a diferença entre um viajante normal e um viajante apaixonado pela vida? Numa primeira impressão, podemos dizer que de fato é a mesma coisa. Entretanto, numa analise mais profunda, perceberemos que não é bem assim.

Os viajantes mais comuns que conhecemos são aqueles que viajam uma vez por ano, apenas para sair da rotina, e normalmente, vão para alguma praia bonita no país ou fora dele. Já os viajantes do trabalho, são mais ativos,  dependem das viagens para desenvolver seu trabalhar, estão sempre de um lado para outro, em busca de novas oportunidades de negócios, reuniões e assuntos de trabalho. Aparentemente, parece ser o emprego perfeito, porém  se perguntar para tais pessoas o que elas gostariam de fazer, certamente responderiam que sonham com o oposto, e possivelmente  suas férias seriam ao lado de suas família e amigos, sem sair de casa, apenas ficar ali, contemplando a vida familiar. Não entendam isso como julgamento, cada um faz aquilo que gosta para relaxar, não é essa a questão que estou analisando neste texto, estou apenas citando os tipos de viajantes que conheço.

Existem também os apaixonados por viagens, aquelas pessoas que falam o tempo inteiro sobre cada experiencia vivida, de lugares, das pessoas que conheceram ao longo do caminho. Uma pessoa tão vidrada em viajar, que se perguntar o que irá fazer no próximo feriado, certamente ira te responder que vai pegar a estrada rumo a uma cidadezinha pacata no interior do estado, apenas para poder apreciar a beleza de uma linda cachoeira, ou fazer uma trilha bem remota.

Viajante apaixonado
Foto: Nicholas Roemmelt

Um viajante apaixonado sabe, que quando coloca o pé na estrada,  poderá integralmente ser ele mesmo, ou seja, sem necessitar o uso de máscaras sociais. Você deve estar se perguntando, como assim máscaras sociais? O que quero dizer com isso, é que em nosso cotidiano, dependendo do trabalho ou atividade que exercemos, somos forçados inconscientemente, a ter uma postura que geralmente não representa o que somos, ou o que queremos ser. Certamente, ao colocarmos o pé na estrada, ou decidirmos decolar para um lugar que nos fascina, as mascaras do nosso dia a dia caem e a partir daí, podemos ser realmente quem somos, fazer aquilo que queremos, sem ter uma pessoa do nosso lado dizendo se isso é certo ou errado, ou obedecendo convenções ditadas pela sociedade.

Pessoas assim, possuem um estilo de vida livre em relação a outras pessoas, ou seja vivem de modo diferente. Buscando em cada viagem conhecer novos lugares,  novas pessoas, outras culturas, línguas, gastronomia, em fim, a diversidade que uma viagem pode proporcionar.

Essas pessoas fazem de suas viagens uma prioridade na vida, antes de comprar qualquer coisa, analisarão se realmente necessitam daquilo, caso contrário, comprarão itens mais simples e assim podem guardar mais do seu ‘suado’ dinheiro, para investir no próximo destino.

Viajante apaixonado
“Viajar é um investimento pessoal”

Um viajante apaixonado é diferente de tudo aquilo que você conhece, essa pessoa está sempre de bom humor, encara a vida de forma simples, sempre alegre, até mesmo em plena segunda-feira de manhã. Isso pode até soar estranho, mas viver assim, de certa forma, é muito recompensador. Não existe tempo ruim para essa pessoa. Mesmo a segunda feira, é um dia feliz para ela, pois é mais uma semana que se inicia, hora de começar a rascunhar o destino do fim de semana com a memória do fim de semana vindo a tona em “flaches”, relembra daquele acampamento maravilhoso que passou com seus amigos, conversando e cantando ao lado da fogueira, contemplando um lindo céu estrelado. Esse viajante apaixonado nunca espera a sexta feira chegar, pois sabe que cada dia vivido é incrível, que cada dia tem a chance de conhecer pessoas, fazer coisas que realmente fazem sentido e que enchem de alegrias. Essa pessoa sabe, que deve viver cada momento intensamente, e que o passado e o futuro não deve nortear  a vida, o que realmente importa é o agora, o presente que é “um presente’ para ser vivido intensamente.

Para uma pessoa desse tipo, a paixão por viajar é tão grande que com certeza, sempre tem uma lista de lugares e coisas para fazer antes de morrer, e certamente, também já sabe o que irá fazer no próximo fim de semana e noutro também, e assim sucessivamente.

A casa de um viajante apaixonado, normalmente é uma casa simples, mas confortável e sobretudo, funcional. O lugar parecerá muito com aqueles ‘hostels’ que vemos por aí. Cada objeto, quadro ou fotografia, possuem significados incríveis e por mais simples que possam parecer, haverá uma história de amizade, que  fez durante suas viagens mundo a fora.

Viajante apaixonado

Certamente,  vai oferecer sua casa para você se hospedar, caso esteja de passagem! Pois, em muitas vezes, durante as suas viagens também foi acolhido por inúmeras pessoas, até mesmo desconhecidas dele.

Caso um dia você cruze com um viajante desse tipo, converse com ele, sempre existem coisas valiosas para aprender e ensinar também.

Muitas das perguntas inquietantes que tenho dentro da minha cabeça, as respostas vieram através de uma simples conversa de quinze minutos, com uma pessoa desconhecida na parada esperando o  ônibus chegar.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a paixão de um viajante, coloque a mochila nas costas, não espere a melhor oportunidade, não espere juntar dinheiro, não dê bola para as dúvidas alheias, simplesmente vá e descubra você mesmo a paixão por viajar que muito fascina os  viajante apaixonados.

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous reading
Cachoeiras Gêmeas de São Miguel
Next reading
Pêndulo em Arroio do Meio