Morro do Campestre

Para quem aprecia subir morros, uma ótima opção em Urubici é o Morro do Campestre, também conhecido pelos residentes locais como Morro da Cruz. Fica distante 8 quilômetros do centro da cidade, percorrendo-se a maior parte do trajeto por estrada de terra.

O Morro do Campestre fica em propriedade particular, com cobrança do valor de R$5,00 por pessoa. É permitida a entrada com o veículo, porém a estrada de acesso ao morro é íngreme e com pedras soltas, mais indicada para veículos 4×4, porém nosso Palio subiu sem problemas.

A subida tem 1200 metros, dos quais percorremos grande parte de carro até determinado ponto, onde há local para estacionar o veículo. Dali em diante a estrada   torna-se mais esburacada, motivo pelo qual seguimos a pé, mas a subida não é difícil, e ao chegar no topo o visual recompensa, pois é encantador.

O Morro do Campestre situa-se a 1380 metros de altura, onde se encontra uma formação rochosa de arenito, de rara beleza. Há uma pedra furada, porém não se trata da mesma do cartão-postal da cidade, a qual se localiza no Morro da Igreja.

Morro do Campestre

No topo do morro pode-se percorrer pelo local, o que proporciona ao visitante uma bela vista do Vale do Rio Canoas, com suas belezas naturais, desde os campos verdes até o traçado do rio. Tem-se aqui uma vista panorâmica.

Aperte o play e confira as belas imagens aéreas:

Ainda, é possível subir até o topo da formação rochosa, escalando pelas pedras por cerca de 1,5 metros, o que deve ser feito com cuidado, pois um escorregão poderá causar algum acidente. No entanto, isso não é indicado para pessoas que tenham fobia a altura, pois se percorre por um trecho estreito na parte mais alta das pedras.

Por ser um dos pontos mais altos da cidade, o local foi indicado para se apreciar o pôr do sol, o que no dia da nossa visita não foi possível por estar tempo nublado, mas nem por isso a vista deixou de ser espetacular.

Morro do Campestre

Morro do Campestre

Morro do Campestre

Quem resolver visitar o local em dias frios deve ir bem agasalhado, com roupas corta-vento, gorro e luvas, pois venta muito no lugar, o que diminui a sensação térmica.

Se você gosta de lugares altos, com vista incrível, não poderá deixar de conhecer o Morro do Campestre, que, com certeza, é um lugar de beleza singular.

A cidade de Urubici/SC – Brasil, possui inúmeros outros atrativos naturais, alguns deles você encontra aqui em nosso site. Acesse!

El Calafate

Cheguei em El Calafate no dia 19 de outubro de 2017, a primeira vista pensei, agora chequei realmente no fim do mundo, pois o aeroporto da cidade encontra-se um tanto longe, não consegui ao menos ver a cidade, percorrendo a estrada até o centro da cidade a paisagem é árida, sem muitas belezas, ao chegar em El Calafate fiquei surpreso com a arquitetura das casas e estabelecimentos comercias, a maioria das construções são de madeira, construídas a mão de um jeito um tanto minimalista.

El Calafate é uma cidadezinha de aproximadamente 20.000 habitantes que fica as margens do Lago Argentino, a cidade é toda voltada para o turismo, na avenida Libertador você encontra todas as agencias de turismo, lojas de equipamentos de aventuras, loja de suvenirs e artesanatos.

El Calafate

El Calafate

As agências de turismo possuem uma boa cartilha de pacotes, que te levam a conhecer o famoso Glaciar Perito Moreno, fazer cavalgadas, conhecer as estâncias, fazer trilhas ou trekking no Glaciar, passeios a cavalo, andar de barco pelos glaciares, enfrentar o medo de altura em uma tirolesa de 2.500 metros de distância ou até mesmo fazer uma aventura de 4×4 até o Parque Nacional Torres del Paine no Chile.

Caso você queira fazer todas estas aventuras citadas a cima separe um dia para cada aventura, pois os passeios saem do centro de El Calafate, a grande maioria destes passeios começam logo que amanhece e retorna a cidade ao anoitecer.

O primeiro passeio que fiz na cidade de El Calafate foi a pé, queria explorar a cidadezinha passo a passo, interagindo com seu povo e descobrindo por conta própria seus atrativos. O lugar escolhido foi a Reserva Ecológica Laguna Nimes que ficava a cerca de 4 quilômetros de distância do Hotel fazenda Kau Yatun onde estava hospedado, nesta reserva é possível contemplar duas lagunas, sendo a Nimes e a Laguna Negra, caso você for no inverno é possível patinar sobre o gelo, pois as duas lagunas ficam totalmente congeladas.

El Calafate

Na cidade existem boas opções de alimentação, mas são muita caras, as refeições na cidade de El Calafate podem custar R$ 50,00 até R$ 150,00 reais por refeição em estabelecimentos, então vá com bastante dinheiro, na maioria dos estabelecimentos são aceitos Dólares Americanos ou Pesos Argentinos, sendo que se você pagar em Dólar o seu troco será em Pesos, então fique esperto na hora de pagar o que consumiu, sempre pegue o ticket como comprovante, pois os argentinos podem cobrar você novamente em poucos minutos. kkk

O segundo dia na cidade de El Calafate, fomos conhecer o famoso Glaciar Perito Moreno, passear de barco pelo Rio Rico e contemplar a beleza do Glaciar por outro ângulo. Veja tudo que aconteceu nessa aventura, clique aqui.