Voluntariado pela África do Sul

Olá, somos um casal do Sul do Brasil que decidiu criar uma nova filosofia de vida, cair no mundo fazendo voluntariado, ajudando pessoas e várias causas e de bônus, conhecer o mundo.

Depois de muitos anos sonhando com essa possibilidade, decidimos que 2017 seria o ano de colocar em prática este ideal. Ainda no Brasil decidimos que iríamos dedicar 5 anos nesta jornada e assim dedicaríamos um ano em cada um dos 5 Continentes. Escolhemos o continente mãe para dar início, a África e por questões de logística, o país seria a África do Sul.

A idéia foi tomando forma conforme íamos conversando e decidindo o que fazer, o foco é ajudar qualquer instituição que realmente necessita de mão de obra, afinal, dinheiro já é algo que não nos pertence mais. Ajuda humanitária, ambiental, social, famílias, organizações, ou qualquer boa ação será contemplada.

Durante as nossas pesquisas, descobrimos que existe uma indústria por trás do voluntariado aqui na África e que essa indústria é voltada para o público europeu que tem 2 a 4 semanas de férias, escolar ou do trabalho, e que a maioria das ONGs cobram valores altíssimos por estadia, alimentação e a oportunidade de ajudar. Trabalhos maravilhosos são ofertados ao custo de U$50,00 em média, por dia por pessoa, mas se você quer trabalhar com tubarões brancos, por exemplo, esse custo chega a U$100,00.

Dentro da nossa realidade isso estava completamente fora de cogitação, ficamos um pouco chateados pois eram trabalhos que gostaríamos de fazer , mas a ideia é trocar estadia e alimentação por trabalho. Acabamos partindo para 3 ferramentas dentro desta filosofia, WWOOF (plataforma de fazendas com produção orgânica), HelpX (plataforma com um pouco de tudo, mas voltada para causas sociais) e o famoso Workaway (plataforma voltada para trabalhos em hotéis e hostels, ótimo para quem quer conhecer o mundo sem gastar muito). Dentro destas plataformas acabamos encontrando as NPO (Non-Profit Organization) e estas organizações trabalham da forma como gostaríamos e então, ficamos super felizes.

O primeiro projeto foi escolhido desta forma, o Amapondo Children’s Project, é um projeto que ajuda duas escolas na cidade de Port Saint Johns. Pronto, passagens compradas, primeiro projeto escolhido e com o aceite, era hora de se despedir e arrumar as malas.

Não sabíamos nada sobre essa cidade, só que era na região litorânea. Que surpresa agradável, a cidade é pequena e as praias são lindas, ficamos empolgados pois tudo corria bem. Nossa ajuda foi na pré escola de um dos vilarejos próximos a praia. Para saber mais sobre Voluntariado pela África do Sul e ver mais fotos, clique aqui.

Voluntariado

Voluntariado

Voluntariado

Voluntariado

Voluntariado

Voluntariado

Depois de um mês neste projeto era hora de partir para outro local, fomos convidados para ajudar na bio-construção de uma casa com blocos de feno e argila, o local foi a cidade de Baardskeerdersbos, 20 km de Gansbaai e 180 km de Cape Town. Neste local conseguimos aproveitar bem os dias de folga. Para saber sobre o Voluntariado pela África do Sul mais e ver mais fotos, clique aqui.

Nosso terceiro projeto, agora na área animal, ajudamos a cuidar de cavalos resgatados. Foi em uma cidade próxima a Cape Town, o que nos permitiu dar um pulinho por lá de vez enquanto. Para saber mais e ver mais fotos, clique aqui.

Como só recebemos três meses para ficar na África do Sul, é hora de ir embora… Passamos bons tempos por aqui, conhecemos pessoas maravilhosas, lindos projetos e nos identificamos com cada um de um modo diferente…

Sem datas a cumprir, sem prazos ou agenda, vamos definindo o próximo projeto e a próxima parada de acordo com as necessidades, livres, afinal o nome que demos a nossa nova vida é “Projeto Espírito Livre- Voluntários pelo Mundo”.

Seja voluntário e viaje quase de graça

Seja voluntário e viaje quase de graça

Você é aquele tipo de pessoa que adora viajar, tem vontade de conhecer outros países, mas não quer gastar quase nada? Seja voluntário em organizações ao redor do mundo, e de quebra conheça lugares incríveis.

O voluntarismo é uma maneira diferente e barata de viajar, e ao mesmo tempo fazer o bem ao próximo. Abaixo listamos oito maneiras de conseguir hospedagem e alimentação, trabalhando como voluntário nesses projetos.

1-  Turtle Teams – várias partes do mundo
São grupos que ajudam tartarugas marinhas em praias ao redor o mundo onde ocorrem desovas dos bichos. O custo varia muito, mas algumas organizações oferecem acomodações de baixo custo. Dessa forma você conhece praias paradisíacas ao redor do mundo e ao mesmo tempo ajuda a preservar as espécies.

Seja voluntário

Você pode ter mais informações sobre esse trabalho nos sites: Campamento Torutgero, Sea Turtles e Sea Turtle Conservancy

2- Voluntariado de conservação – Austrália e Nova Zelândia
São projetos de curta duração para conservação de habitats e promoção de ecoturismo. Os valores também variam bastante, e podem chegar a AUS$ 208 por uma semana de estadia, entre acampamentos ou chalés. Algumas organizações disponibilizam viagens de graça, mas por pouco tempo.

Seja voluntário

Você pode ter mais informações sobre esse trabalho nos sites: Conservation Volunteers, The Conservation Volunteering

3- Voluntariado do Sudão – Sudão, África
Este tem como objetivo ensinar inglês em escolas e universidades no país que é considerado o mais por do mundo. O voluntário  normalmente paga a passagem até o país, porém, todos os outros custos são cobertos e algumas organizações ainda dão ajuda de custo.

Seja voluntário

Você pode ter mais informações sobre esse trabalho nos sites: Sudan Volunteer Programme

4- Conservação da Trilha Apalache – Estados Unidos
A Trilha Apalache é uma trilha clássica de mais de 3 mil quilômetros de extensão, que cruza o o leste dos Estados Unidos. Lá também é o lar de mais de duas mil espécies, muitas em risco de extinção.

Seja voluntário

Você pode ter mais informações sobre esse trabalho nos sites: Appalachian Trail Conservancy

5- Trip Leader da HF Holidays – Toda a Europa
A HF Holidays é uma das mais populares companhias europeias de pacotes de viagens e feriados. O voluntário tem a oportunidade de explorar o continente europeu acompanhando os grupos de excursão. Uma uma maneira diferente de conhecer novos lugares e conhecer novas pessoas.

Seja voluntário

Você pode ter mais informações sobre esse trabalho nos sites: HF Holidays

6- Peace Corps – várias partes do mundo
A Peace Corps consiste em projetos de saúde, desenvolvimento de negócios e conservação do meio ambiente. Este é aberto apenas para residentes nos Estados Unidos e tem o compromisso de 27 meses de trabalho.

Seja voluntário

Você pode ter mais informações sobre esse trabalho nos sites: Peace Corps e Voluntary Service Overseas.

7- Voluntário das Nações Unidas – várias partes do mundo
A Organização das Nações Unidas (ONU), oferece oportunidades de voluntariado nas áreas de ajuda médica, desenvolvimento econômico e ajuda emergencial em países afetados por desastres naturais.

Seja voluntário

Você pode ter mais informações sobre esse trabalho nos sites: UN Volunteers

8- Voluntariado em um Kibbutz – Israel
Um kibutz é uma forma de coletividade comunitária israelita, uma espécie de cooperativa, que mistura um pouco de ideologia socialista e o sionismo no sionismo trabalhista. É o trabalho mais arriscado da lista em uma das regiões com grandes conflitos, porém com uma ande oportunidade de enxergar a realidade de Israel fora da TV.

Seja voluntário

Você pode ter mais informações sobre esse trabalho nos sites: Kibbutz Volunteer