Cascata do Bordin

A Cascata do Bordin está localizada dentro da propriedade da família Bordin, no município de Flores da Cunha/RS – Brasil.

O acesso a parte de cima da Cascata do Bordin encontra-se fechada no momento, mas é possível contemplar a sua beleza pelos caminhos que levam a parte de baixo da queda de água.

Com aproximadamente 80 metros de altura, as águas dessa cascata despencam entre os paredões da serra gaúcha, formando inúmeras outras cachoeiras pelo caminho até chegar no Rio das Antas.

Há duas maneiras de conhecer esse atrativo turístico no interior da cidade de Flores da Cunha, à primeira delas é pelo Mirante Gelain, onde você pode visualizar boa parte dos vales e montanhas que compõem a serra gaucha, em uma vista panorâmica.

Cascata do Bordin
Crédito: Luís H. Fritsch
Cascata do Bordin
Crédito: Luís H. Fritsch
Cascata do Bordin
Crédito: Luís H. Fritsch

Para os mais aventureiros é possível descer até a base da cachoeira, e contemplar essa beleza natural por um outro ângulo.

A trilha que dá acesso a Cascata do Bordin está dentro do Mirante Gelain, falando com o administrador Marcos é possível percorrer o caminho sem auxílio de um guia especializado.

Recomendamos que para facilitar o trajeto até a queda de água você vá com alguma pessoa experiente em trilhas e que conheça a região, nunca vá sozinho fazer trilhas na natureza.

O caminho para a Cascata do Bordin possuí um grande desnível, já nos primeiros metros da trilha vem o primeiro desafio, passar por meio de uma fenda rochosa, seguindo pelo trajeto marcado você descerá margeando o paredão que fica do lado direito.

Logo em seguida vem o segundo desafio, descer uma trilha inclinada segurando uma corda (a corda está fixada ali sempre), logo após você terá que descer por uma escada fixada no paredão.

Se você sofre de problemas nas articulações, medo de altura ou problemas cardíacos não recomendamos fazer essa trilha.

Depois de descer a escada você verá uma bifurcação de trilhas, siga pelo lado esquerdo, neste trecho deve-se prestar muita a atenção, pois há pedras de todos os tamanhos, muito cuidado para não torcer o pé entre uma pedra e outra.

A trilha segue assim até chegar em um ponto onde é necessário prender uma corda para descer com mais segurança, dali em diante a trilha leva até a base de uma pequena cachoeira de aproximadamente 6 metros de altura.

Para acessar a Cascata do Bordin, você terá que cruzar o rio, muito cuidado nesta hora, pois a passagem se dá entre essa cachoeira de 6 metros e um tobogã natural gigante de águas cristalinas que descem em velocidade formando uma outra cascata de mais de 30 metros de altura aproximadamente. Para sua maior segurança, recomendamos esticar uma corda de um lado a outro do arroio.

Cascata do Bordin
Crédito: Luís H. Fritsch

A Trilha segue na margem direita do arroio, subindo um caminho através de pedras gigantescas e lisas, muito cuidado para não escorregar e vir a sofrer alguma torção.

Ao chegar na Cascata do Bordin, o visual é de tirar o fôlego, águas cristalinas despencam pelo paredão cerca de 80 metros, estar ali presenciando o poder das águas nôs faz pensar o quanto somos pequenos em relação a natureza que nos cerca.

Cascata do Bordin
Crédito: Luís H. Fritsch

A trilha toda é de nível moderado, pois a inúmeras pedras lisas e soltas, em alguns pontos é necessário segurar-se em árvores e usar cordas para apoio.

Lembre-se de sempre estar com calçados adequados para trilhas e pré amaciados, aqui em nosso site você pode conhecer os melhores calçados para trilhas e aventuras, acesse.

Cascata do Bordin
Tênis Salomon Speedcross 4 – Crédito: Luís H. Fritsch

Chima Rock chega em sua terceira edição

A terceira edição do evento Chima Rock foi regado a muito rock ´n roll, chimarrão, pessoas legais e a maravilhosa culinária argentina. O palco desse grande evento foi no enigmático e principal ponto turístico da cidade de Flores da cunha/RS – Brasil, o Mirante Gelain é o lugar certo para encontrar os amigos, fazer esportes radicais e apreciar a espetacular vista para o vale do Rio das Antas.

O evento teve inicio às 15:00 do dia 07 de Maio de 2017, além do chimarrão e das pessoas legais o evento contou com uma bela apresentação artística do grupo de dança do ventre Mahaila Danças Orientais. A Banda Jokerman, essa se apresentou após o espetáculo das dançarinas, trouxeram grandes sucessos musicais nacionais e internacionais, fazendo com que a galera que estava presente cantasse e vibrava-se com as clássicas do rock.

No local havia a chance de provar um pastel tipicamente argentino, feito por um casal de ciclistas que estavam de passagem pelo Brasil, por sinal era maravilhoso, impossível comer um só. Além disso ainda havia comida de rua, docinhos, cerveja artesanal e chopp.

Estes Argentinos vinham de Mendoza – Argentina, estavam ali no Mirante Gelain hospedados a cerca de uma semana, pois tiveram alguns problemas com uma das bicicletas, aproveitam o evento para mostrarem seus dotes culinários. O casal está fazendo essa viagem rumo ao México, uma viagem com duração de aproximadamente dois anos.

Não podemos esquecer de mencionar o incrível pôr do sol presente , as novas amizades, a diversidade de histórias, momentos que fazem com que os eventos nesse local sejam cada vez melhores.

Chima Rock no Mirante Gelain

Chima Rock no Mirante Gelain

Para ver todas as fotos do Chima Rock clique aqui.

Se você busca um lugar legal para levar a família, namorada, namorado, amigos, ou até mesmo conhecer pessoas legais, recomendo muito ficar atento nos próximos eventos do Mirante Gelain, acompanhe pela sua fan page no Facebook tudo que acontece em um dos cenários mais bonitos da Serra Gaúcha.

Aguardem novidades vem por aí!

Melhores lugares para praticar rapel

Melhores lugares no Rio Grande do Sul para praticar Rapel

Os esportes de aventura são considerados hoje a atividade que mais vem se desenvolvendo em todo mundo. São praticadas em ambientes naturais, ou seja, sem o controle de variáveis como clima, aumento repentino da intensidade de vento, ou o aumento súbito da quantidade de água em um rio ou cachoeira.

Separamos alguns locais para você e seus amigos desfrutar da natureza e praticar descidas de rapel aqui no Estado do Rio Grande do Sul – Brasil.

Cascata do Salto Ventoso – Farroupilha/RS – Brasil

Melhores lugares no Rio Grande do Sul
Fotos: Marcio Basso

Clique aqui para saber mais

Gruta da Terceira Légua – Caxias do Sul/RS – Brasil

Melhores lugares no Rio Grande do Sul
Fotos: Marcio Basso

Clique aqui para saber mais

Salto Escondido – Nova Roma do Sul/RS – Brasil

Melhores lugares no Rio Grande do Sul
Fotos: Marcio Basso

Clique aqui para saber mais

Cascata do Chuvisqueiro – Riozinho/RS – Brasil

Melhores lugares no Rio Grande do Sul
Fotos: Crislei

Clique aqui para saber mais

Garganta do Diabo – Vespasiano Corrêa/RS – Brasil

Melhores lugares no Rio Grande do Sul
Fotos: Renato Grimm

Clique aqui para saber mais

Cascata dos Marins – Cotiporã/RS – Brasil

Melhores lugares no Rio Grande do Sul
Fotos: Outdoor Equipamentos

Clique aqui para saber mais

Mirante Gelain – Flores da cunha/RS – Brasil

Melhores lugares no Rio Grande do Sul
Fotos: Outdoor Equipamentos

Clique aqui para saber mais

Cascata do Borela – Nova Pádua/RS – Brasil

Melhores lugares no Rio Grande do Sul
Fotos: Luís H. Fritsch

Clique aqui para saber mais

Cascata do Maringá – Vila Maria/RS – Brasil

Melhores lugares no Rio Grande do Sul
Foto: Luís H. Fritsch

Clique aqui para saber mais