6ª etapa circuito trilhas e montanhas.

6ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas

Nova Roma do Sul é um pequeno e aconchegante munícipio da Serra Gaúcha, localizado a cerca de 160Km de Porto Alegre. Cercado por paisagens cênicas é o destino ideal para estar em harmonia com a natureza, conhecer o estilo de vida serrano e curtir a gastronomia típica dos imigrantes Italianos, Poloneses e Suecos.

A cidade recebeu pelo terceiro ano consecutivo o Circuito Trilhas & Montanhas. No último sábado (dia 7) ocorreu a 6ª Etapa do CTM – Trilhas de Nova Roma, a prova teve percursos de 7,12 e 22 quilômetros de corrida em trilhas e montanhas; e reuniu mais de 700 atletas de diversas cidades do Rio Grande do Sul.

Os grandes campeões foram:

DISTÂNCIA LONGA:

Fabrícia Barnart Magalhães – Equipe: Time T & M – Tempo: 02h47min

Sidimar Pimentel Saraiva – Equipe: Time T & M – Tempo: 02h12min

DISTÂNCIA MÉDIA:

Caciane Lucia Zonatto – Equipe: Night Runners Gravataí – Tempo: 01h28min

Evandro Audibert – Equipe: Km Livre – Tempo: 01h07min

DISTÂNCIA CURTA:

Camila Backes – Equipe: Teutorunners – Tempo: 41min

Lucio Alencar – Equipe: Vidativa – Tempo: 35min

Classificação completa disponível no site da 3c Timing Cronometragem.

Tenho um carinho especial por Nova Roma do Sul, minha cidade vizinha e desde meados de 2010 meu “quintal” para treinos, passeios e, é claro muita diversão.

E falando em diversão…foi no início de 2012 que resolvi me aventurar no rafting do Eco Parque Cia Aventura e como guia do meu bote tive o Odair Paravisi, também conhecido por Grilo. Desde então nos tornamos grandes amigos e no final de 2017 no I Trilhas de Nova Roma, tive a honra de vê-lo estrear no CTM e se sagrar o grande campeão da prova na distância longa. Detalhe, era sua estreia no trail running também!

Créditos: Fabiana Borella – I Trilhas de Nova Roma (28/10/2017)

Tenho uma admiração, carinho e respeito, enormes pelo Odair. Ele se doou demais nesta 6ª Etapa do CTM, juntamente com os amigos Evandro Maciak, Samir Piola, Fabiano Borella e demais integrantes da equipe Respire.

“Esse ano está sendo o mais difícil da minha vida no esporte, fora das provas e treinos por lesão desde a 1ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas em Maquiné. Tá sendo bem difícil…essa prova me salvou, não entrei em depressão pois concentrei meu pensamento no firme objetivo de dar a todos um grande percurso, de ver todos felizes na nossa cidade, […]” relata emocionado Odair.

O percurso desta prova começou a ser planejado pelo Odair, Evandro, Samir, Fabiano e cia ainda no final da etapa de Nova Roma do Sul do ano passado. Foi uma ano intenso para eles, afinal um evento deste padrão não se constrói da noite para o dia.

São trilhas para serem abertas (muitas vezes à facão) e mantidas, autorização dos proprietários das terras, segurança nos pontos mais perigosos do percurso, aprovação do Luís (Coordenador Geral do Circuito Trilhas & Montanhas) e mais diversos requisitos!

A prova (em minha opinião) foi a melhor do Circuito Trilhas & Montanhas 2019, até o momento. Um percurso extremamente técnico; rico em trilhas, montanhas, riachos, cascatas…paisagens exuberantes e pouquíssimas estradas. Uma prova que me conquistou do início ao final, e já explico o por que…

Clima ameno e chuva fraca na largada, poucos metros de corrida e já estavamos adentrando em trilhas. Ultrapassei e fui ultrapassada por alguns atletas logo após a primeira trilha e em seguida formei um trio com a Salete Parise e Márcio Reis. Seguimos juntos “escalando” as montanhas, “esquiando” as trilhas, “comprando” alguns terrenos e principalmente nos divertindo!

Créditos: Mário Reis

Chegando nos paredões de acesso à Cascata Filtro dos Sonhos (trecho mais técnico do percurso), fiquei maravilhada com a beleza do local e pensei comigo mesma ‘Vou guardar esse lugar com muito carinho em minha memória, pois fotográfo não terá aqui’! Engano meu…descendo mais alguns metros de trilha em meio à pedras, galhos e água me deparo com a Ane sentada em uma encosta em meio aos paredões, registrando e eternizando aquele momento de tamanha beleza e superação.

Créditos: Anelise Leite / Clic Run

Alguns metros mais abaixo visualizo um enfermeiro da Equipe Magda Chagas atento a possíveis acidentes e o Odair Paravisi. Que emoção encontra-lo por lá…registramos o momento e segui a trilha dizendo diversas vezes “Que percurso espetacular, Grilo (Odair Paravisi)! Que prova sensacional! Parabéns!”

Créditos: Anelise Leite / Clic Run

Concluimos a trilha da Cascata e iniciamos a temida subida do vale do Rio da Prata, dessa fez o Márcio Reis que puxava o trio. Chegando ao topo da montanha fomos presenteados com mais um lindo visual e o Sérgio Gutheil registrando aquele momento.

Créditos: Sérgio Gutheil / Clic Run

Mais alguns quilômetros de trilhas e montanhas, e estávamos no Eco Parque Cia Aventura. Passando por lá, o Júlio (proprietário do Parque) me reconheceu e gritou “Boraaaa Mine…que os teus pedais eram mais difíceis do que isso!”, confesso que na hora até senti saudades dos pedais! (risos)

Mais trilhas, mais riachos, mais “compras” de terreno, mais puladas de cerca e mata-burros e finalmente….cruzei a linha de chegada de uma das melhores corridas que já participei!

Aguardando a premiação eu só ouvia atletas e amigos elogiando o percurso e o evento no geral. Aquele clima gostoso, sabe? De amizade, camaradagem, união e alegria que só o CTM proporciona ao final de cada etapa!

Chegado o momento da minha premiação, o Luis teve a brilhante ideia de chamar o Eduardo (meu namorado) para me entregar o trofeú e já o intimou para um “futuro pedido”! – risos. Impossível finalizar melhor essa corrida!

Parabéns à todos os atletas que se desafiaram na 6ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas, independentemente da distância!

Parabéns também às equipes: L & E Eventos, Magda Chagas Enfermagem, 3C Timing Cronometragem, RP Sonorização, Youmovin, Clic Run, Loja Baú do Esporte; que fazem o CTM acontecer!

Agora é se preparar para as duas últimas etapas que ocorrem no dia 12 de outubro em Tupandi e 09 de novembro em Sério.

5ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas – Trilhas Arcoverde

A comunidade de Arcoverde localizada na cidade de Carlos Barbosa foi sede da 5ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas – TRILHAS ARCOVERDE, que ocorreu no último sábado (dia 10). A prova teve percursos de 5, 18 e 28 quilômetros de corrida em trilhas e montanhas. E contou com a participação de mais de 800 atletas das mais variadas cidades do Rio Grande do Sul.

“Já ultrapassamos a metade do CTM 2019, e desde o início o evento está com força total, estamos com média de mais de 800 participantes por Etapa. Certamente o maior evento esportivo de Corridas em Trilhas “Trail Run” no RS e Brasil. Hoje o CTM no Rio Grande do Sul se estabeleceu como o evento que mais promove e fomenta as corridas em trilhas. Nossos eventos servem de iniciação, porta de entrada como acontece desde 2012.” comenta Luís Leandro Grassel, Coordenador Geral do Circuito Trilhas & Montanhas 2019.

Trilhas Arcoverde
Créditos: Sérgio Gutheil / Clic Run

Após um calor atípico (para a época) na 4ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas na cidade de Igrejinha, no final de junho. Os atletas foram presenteados com uma temperatura de pouco mais de 10 graus, sábado em Carlos Barbosa. Cidade essa que pela primeira vez sediou uma etapa do CTM.

Os percursos foram marcados por trilhas, declives e aclives acentuados, diversas travessias de pequenos riachos, estradões com visuais fascinantes do interior de Carlos Barbosa. E a já tradicional infraestrutura e organização da empresa L&E Eventos e equipe CTM.

Trail Running Arcoverde
Créditos: Jon Hesse / Clic Run

Os grandes campeões da 5ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas, foram:

Distância curta:

Camila Backes* – Equipe Teutorunners – 27min

*(Segue liderando o ranking do Circuito Trilhas & Montanhas – Categoria Curta, com 179 pontos).

Marcio Leite de Oliveira – Equipe Km Livre – 22min

Distância média:

Ivania Rambo – Equipe Laufen Auf Beer – 1h49min

Rogério Andretta – Equipe Danivist – 1h32min

Distância longa:

Daiane Dias* – Equipe Born Run – 2h58min

*(Segue liderando o ranking do Circuito Trilhas & Montanhas – Categoria Longa, com 177 pontos).

Sidimar Pimentel Saraiva* – Equipe Time TeM – 2h27min

*(Segue liderando o ranking do Circuito Trilhas & Montanhas -, com 171 pontos na distância longa).

Classificação completa e ranking do Circuito Trilhas & Montanhas 2019, disponível no site da 3c Timing.

Após estar fora da etapa de Igrejinha por questões de saúde, eu estava praticamente contando os dias para a chegada da 5ª Etapa do CTM em Carlos Barbosa/RS.

As semanas antecedentes à prova foram um tanto quanto conturbadas para mim. Volta às aulas com mais de 6 disciplinas para cursar, trabalho em turno integral (manhã e tarde), escolhas importantes a serem tomadas…e mais todos os “desafios” do dia-a-dia, pelos quais, praticamente todos nós passamos!

Chegando na Comunidade de Arcoverde já encontrei a Silvana Menegon e o Jonas Junkes, amigos de longa data, desde os tempos em que eu participava das corridas de aventura. Ficamos conversando sobre nossas aventuras, provas, planos de vida…até o horário da largada da prova.

Alguns alongamentos e pequeno aquecimento com a Silvana e já era hora de alinhar para a largada. Ela se posicionou lá na frente, pois sabia que tinha preparo para conquistar uma boa colocação (foi vice campeã geral feminina na distância longa). Eu pela primeira vez na vida, resolvi ficar bem no fundo, queria fazer uma prova estilo “curtição”, só não queria fazer companhia para o Saurin (fechador do percurso) – risos.

Alguns metros de calçamento e em seguida já estavamos correndo em estradões e trilhas. O tempo nublado, o vento frio, o barro, as subidas e descidas…o contato com a natureza; tudo isso deslumbrava-me e fazia-me esquecer, mesmo, que só por algumas horas de todos os “problemas”.

Jasmine Benato
Créditos: Anelise Leite / Clic Run

Ao longo do percurso nas trilhas de Arcoverde encontrei dezenas de amigos, alguns me passaram, outros eu passei e outros eu tive o privilégio de fazer boa parte do trajeto ao lado deles. Angela Nunes e Maria Rosane Leandro de Jesus, percorreram comigo cerca de 70% do percurso, se ajudando, se incentivando, se apoiando…

Faltando pouco mais de um quilômetro para o final da prova, resolvi baixar o ritmo e aguardar a Maria Rosane se aproximar. Foi ela que me fez entender que muito mais imporante do pódio/classificação, são os aprendizados durante o percurso! Tive a honra de cruzar a linha chegada com ela…

Chegada Trilhas e Montanhas
Créditos: Daniela Silva / Clic Run

O que fica após a linha de chegada são os bons momentos, os que nos fazem sentir grandes, enormes perante os desafios. Aqueles que nos fazem sentir altruístas porque ajudamos um atleta em dificuldades, ou os que nos fazem mais humildes porque nos deram a mão quando mais precisávamos. Os melhores momentos são mesmo os mais humanos, os de deslumbramento perante a força da natureza. E essa força, no trail, somos nós!

6ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas 2019, ocorre no dia 07 de setembro na cidade de Nova Roma do Sul.

Mais informações e inscrições no site da Youmovin.

Trilhas Morro Gaúcho

Trilhas Morro Gaúcho!

A cidade de Arroio do Meio, foi sede da 3ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas – Trilhas Morro Gaúcho, que ocorreu no último sábado, 4, com percursos de 5, 15, 25 e 54 quilômetros de corrida em trilhas e montanhas. O evento contou com a participação de mais de 800 atletas.

Os grandes campeões foram do Trilhas do Morro Gaúcho:

Distância Curta (5 quilômetros) –

Camila Backes – Equipe Teutorunner – 39min29seg

Anderson Boll – Equipe Body e Mind – 32 min55seg

Distância Média (15 quilômetros) –

Zezilda Aparecida da Silva Simão – Equipe Inspirerun – 2h17min

Evandro Audibert – 1h38min

Distância Longa (25 quilômetros) –

Daiane Dias – Equipe Born Run – 3h23min

Sidimar Pimentel Saraiva – Equipe Time T e M – 3h02min

Distância Ultramaratona (54 quilômetros) –

Jasieli Tagliari Dalla Rosa – Equipe Team Ultra Chico – 8h02min *(3ª Colocada Geral)

(+41) Geovanna Boppre de Mendonca – Equipe Admovere/Faccat – 10h10min

Gabriel Kretschmer – Equipe Time T e M – 7h46min *(Bicampeão do Trilhas do Morro Gaúcho)

(+41) Rogério Andretta – Equipe Danivist Running – 7h56min

Classificação completa do Trilhas Morro Gaúcho disponível no site da 3C Timing.

Pelo segundo ano consecutivo tive a honra de participar da Ultramaratona. Não desmerecendo nenhuma das outras etapas do CTM, mas o Trilhas Morro Gaúcho é um dos melhores percursos do Campeonato, em minha opinião.

Trajeto este preparado com muito carinho e dedicação pelo seu Pedro Jung (Brutus do Gaúcho). Evento impecável em todos os sentidos (kits, sinalização, premiação…), graças ao profissionalismo e competência do Luis Leandro Grassel, João Paulo Wildner Medina e demais integrantes da empresa L & E Eventos e equipe CTM.

Trilhas Morro Gaúcho
Créditos: Clic Run

6:50 da manhã , minutos antes da largada chovia forte no local da prova. Acredito que os 100 atletas que enfrentariam os 54 quilômetros, ficaram tão felizes quanto eu com a chuva e o clima mais ameno do início do dia.

Pontualmente às 7 horas foi dada a largada da ultramaratona. Ao meu redor atletas da elite do trail running gaúcho, grandes amigos, alguns conhecidos de outras provas e outros enfrentando pela primeira vez as trilhas Morro Gaúcho. Mas, todos com a mesma meta: concluir a prova!

Muitas trilhas, diversos riachos, alguns estradões e nove picos/montanhas imponentes compuseram o percurso da prova.

A chuva de alguns minutos antes da largada, logo cessou e deu lugar ao sol e um forte calor já nos quilômetros iniciais! Percorri trechos sozinha e outros com alguns atletas. Fui incentivada e incentivei…Fiz amigos que levarei para o resto da vida!

Trilhas Morro Gaúcho
Créditos: Clic Run – Alex Viana

No quilômetro 39 faltando cerca de 15 minutos para o corte (quilômetro 40), encontrei o atleta Ismael sentado em uma valeta e extremamente cansado. Tínhamos mais cerca de 1 quilômetro até chegar no ponto de corte…não pensei duas vezes e incentivei ele à seguir comigo.

Na entrada de uma trilha (ponto de corte) estava o staff Leonardo Wink e mais uns 3 ou 4 atletas, literalmente atirados, tentando recuperar a energia. Pensei em descansar um pouco também, mas resolvi iniciar a trilha e aproveitar o tempo.

Deste ponto em diante seguimos juntos somente eu e Ismael, subindo e descendo as trilhas e montanhas…em certo ponto ele comentou que era a sua estreia nas ultramaratonas. Veja aqui como foi a minha estreia em uma Ultramaratona.A partir dali resolvi que não iria “abandoná-lo” pelo percurso. Resolvi abrir mão da minha prova e ajuda-lo a concluir este grande desafio!

Nos últimos 5 ou 6 quilômetros a noite já se aproximava. Na última trilha a luz da lanterna (item obrigatório) nos guiou.

Estávamos muito cansados. Na última trilha, Ismael caminhava alguns metros e parava, eu incentivava ele à seguir, falei dezenas de vezes “Não fizemos tudo isso para desistir agora!”.

Assim que terminamos a subida dessa trilha, saímos em um estradão e encontramos 2 moradores locais de moto e quadriciclo que estavam trabalhando na prova. Os mesmos nos informaram que não faltavam mais muitos quilômetros para a chegada e que diversos atletas haviam levado o corte.

Estávamos dentro do tempo da prova. Iniciei um trote para ganhar algum tempo, mas o Ismael não conseguia acompanhar. Parei e lhe acompanhei caminhando.

Faltando pouco mais de 1 quilômetros para a chegada encontramos o Pedro Jung de quadriciclo. Para quem não sabe, é ele que monta o percurso da prova!

“Desistir jamais…Sigam, que eu vou de batedor! […]”

Vocês não fazem ideia da emoção que foi seguir esses quilômetros com seu Pedro, nos incentivando, contando histórias do percurso…

Seguimos entre exaustão, dores e lágrimas eu, Ismael e Pedro até a linha de chegada!

Hoje quase uma semana após os 54 quilômetros com 3.100m de altimetria acumulada do Trilhas do Morro Gaúcho, relembro ainda emocionada o que enfrentei durante as 12 horas de prova.

Trilhas Morro Gaúcho
Créditos: Clic Run – Max

Me sinto altruísta porque ajudei atletas em dificuldades, mas também me sinto humilde porque me deram a mão quando precisei. Os melhores momentos foram os mais humanos, os de deslumbramento perante a força da natureza.

Vida longa ao CTM…

CTM 2019 – Nota de esclarecimento:

Trilhas Morro Gaúcho

Deixamos de ser CGCTM 2019 e voltamos a ser CTM 2019.

Estamos dando um passo à frente para voltar a nossas origens, resgatando e valorizando o verdadeiro sentido do nosso trabalho desde 2012, que é correr nas trilhas e montanhas do Rio Grande do Sul.

A partir de agora, esta é a marca de nossos desafios, que traduz a essência e a tradição de se superar nas melhores trilhas, nas montanhas mais desafiadoras.

Tudo isto porque queremos estar cada vez mais alinhados com o que fazemos e com o espírito aventureiro de cada apaixonado por esta modalidade.


Circuito Trilhas & Montanhas 2019