5ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas – Trilhas Arcoverde

A comunidade de Arcoverde localizada na cidade de Carlos Barbosa foi sede da 5ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas – TRILHAS ARCOVERDE, que ocorreu no último sábado (dia 10). A prova teve percursos de 5, 18 e 28 quilômetros de corrida em trilhas e montanhas. E contou com a participação de mais de 800 atletas das mais variadas cidades do Rio Grande do Sul.

“Já ultrapassamos a metade do CTM 2019, e desde o início o evento está com força total, estamos com média de mais de 800 participantes por Etapa. Certamente o maior evento esportivo de Corridas em Trilhas “Trail Run” no RS e Brasil. Hoje o CTM no Rio Grande do Sul se estabeleceu como o evento que mais promove e fomenta as corridas em trilhas. Nossos eventos servem de iniciação, porta de entrada como acontece desde 2012.” comenta Luís Leandro Grassel, Coordenador Geral do Circuito Trilhas & Montanhas 2019.

Trilhas Arcoverde
Créditos: Sérgio Gutheil / Clic Run

Após um calor atípico (para a época) na 4ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas na cidade de Igrejinha, no final de junho. Os atletas foram presenteados com uma temperatura de pouco mais de 10 graus, sábado em Carlos Barbosa. Cidade essa que pela primeira vez sediou uma etapa do CTM.

Os percursos foram marcados por trilhas, declives e aclives acentuados, diversas travessias de pequenos riachos, estradões com visuais fascinantes do interior de Carlos Barbosa. E a já tradicional infraestrutura e organização da empresa L&E Eventos e equipe CTM.

Trail Running Arcoverde
Créditos: Jon Hesse / Clic Run

Os grandes campeões da 5ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas, foram:

Distância curta:

Camila Backes* – Equipe Teutorunners – 27min

*(Segue liderando o ranking do Circuito Trilhas & Montanhas – Categoria Curta, com 179 pontos).

Marcio Leite de Oliveira – Equipe Km Livre – 22min

Distância média:

Ivania Rambo – Equipe Laufen Auf Beer – 1h49min

Rogério Andretta – Equipe Danivist – 1h32min

Distância longa:

Daiane Dias* – Equipe Born Run – 2h58min

*(Segue liderando o ranking do Circuito Trilhas & Montanhas – Categoria Longa, com 177 pontos).

Sidimar Pimentel Saraiva* – Equipe Time TeM – 2h27min

*(Segue liderando o ranking do Circuito Trilhas & Montanhas -, com 171 pontos na distância longa).

Classificação completa e ranking do Circuito Trilhas & Montanhas 2019, disponível no site da 3c Timing.

Após estar fora da etapa de Igrejinha por questões de saúde, eu estava praticamente contando os dias para a chegada da 5ª Etapa do CTM em Carlos Barbosa/RS.

As semanas antecedentes à prova foram um tanto quanto conturbadas para mim. Volta às aulas com mais de 6 disciplinas para cursar, trabalho em turno integral (manhã e tarde), escolhas importantes a serem tomadas…e mais todos os “desafios” do dia-a-dia, pelos quais, praticamente todos nós passamos!

Chegando na Comunidade de Arcoverde já encontrei a Silvana Menegon e o Jonas Junkes, amigos de longa data, desde os tempos em que eu participava das corridas de aventura. Ficamos conversando sobre nossas aventuras, provas, planos de vida…até o horário da largada da prova.

Alguns alongamentos e pequeno aquecimento com a Silvana e já era hora de alinhar para a largada. Ela se posicionou lá na frente, pois sabia que tinha preparo para conquistar uma boa colocação (foi vice campeã geral feminina na distância longa). Eu pela primeira vez na vida, resolvi ficar bem no fundo, queria fazer uma prova estilo “curtição”, só não queria fazer companhia para o Saurin (fechador do percurso) – risos.

Alguns metros de calçamento e em seguida já estavamos correndo em estradões e trilhas. O tempo nublado, o vento frio, o barro, as subidas e descidas…o contato com a natureza; tudo isso deslumbrava-me e fazia-me esquecer, mesmo, que só por algumas horas de todos os “problemas”.

Jasmine Benato
Créditos: Anelise Leite / Clic Run

Ao longo do percurso nas trilhas de Arcoverde encontrei dezenas de amigos, alguns me passaram, outros eu passei e outros eu tive o privilégio de fazer boa parte do trajeto ao lado deles. Angela Nunes e Maria Rosane Leandro de Jesus, percorreram comigo cerca de 70% do percurso, se ajudando, se incentivando, se apoiando…

Faltando pouco mais de um quilômetro para o final da prova, resolvi baixar o ritmo e aguardar a Maria Rosane se aproximar. Foi ela que me fez entender que muito mais imporante do pódio/classificação, são os aprendizados durante o percurso! Tive a honra de cruzar a linha chegada com ela…

Chegada Trilhas e Montanhas
Créditos: Daniela Silva / Clic Run

O que fica após a linha de chegada são os bons momentos, os que nos fazem sentir grandes, enormes perante os desafios. Aqueles que nos fazem sentir altruístas porque ajudamos um atleta em dificuldades, ou os que nos fazem mais humildes porque nos deram a mão quando mais precisávamos. Os melhores momentos são mesmo os mais humanos, os de deslumbramento perante a força da natureza. E essa força, no trail, somos nós!

6ª Etapa do Circuito Trilhas & Montanhas 2019, ocorre no dia 07 de setembro na cidade de Nova Roma do Sul.

Mais informações e inscrições no site da Youmovin.

Cascata do Paraíso

Cascata do Paraíso

Cascata do Paraíso está localizada na linha Forromeco, pertencente a cidade de Carlos Barbosa, distante aproximadamente 16 km da cidade de Farroupilha e 11 km do município de São Vendelino/RS.

A Cascata do Paraíso está dentro de uma propriedade particular, por isso é muito bem cuidada e preservada pelo proprietário, Sr. Eduardo, um porto alegrense muito gente boa que tivemos o privilégio de conhecer.

Para manter a estrutura intacta e as trilhas organizadas, o proprietário cobra uma taxa de R$ 10,00 por pessoa para passar o dia no local.

O que fazer na Cascata do Paraíso

Dentro da propriedade há cerca de três quedas de água, onde em cada uma delas forma-se um grande poço para banhos, a profundidade entre eles variam de 3 a 8 metros, caso você não saiba nadar não é recomendado entrar na água.

Para quem gosta de nadar ou se refrescar nas águas da cascata, esse lugar é propício para isso.

Para quem gosta de capturar belas imagens assim como eu, o local é propício para isso, os caminhos e trilhas são bem sinalizados e de fácil acesso para a maioria das pessoas.

Cascata do Paraíso
Crédito: Luís H. Fritsch
Cascata do Paraíso
Crédito: Luís H. Fritsch
Cascata do Paraíso
Crédito: Luís H. Fritsch
Cascata do Paraíso
Crédito: Luís H. Fritsch
Cascata do Paraíso
Crédito: Luís H. Fritsch

Dentro da sua propriedade ele não aceita que entre com bebidas alcoólicas, mas é possível fazer um churrasco com os amigos e/ou família, as churrasqueiras são feitas de maneira natural, usando pedras do próprio rio.

Horários de visitação

Para aproveitar melhor a paisagem, recomendamos ir durante a semana, mas caso você não consiga ir nestes dias, ir aos finais de semana também pode ser legal.

Em dias de muito calor e finais de semana principalmente a Cascata do Paraíso costuma ficar lotada, se você é o tipo de pessoa que gosta de paz e tranquilidade, ir nos sábados e domingos talvez não seja a melhor opção.

A propriedade está aberta para todos que quiserem visita-lá, das 9:00 horas até às 18:00, todos os dias da semana.

Como chegar na Cascata do Paraíso

Cascata do Paraíso

Link do Google Maps

Outros destinos nas proximidades

A região da Serra Gaúcha possui muitos atrativos naturais, pois possui uma geografia interessante, rodeada de grandes vales, matas e cascatas.

Se você tem vontade de conhecer outros lugares de belezas naturais exuberantes, recomendamos conhecer também a Cascata do Salto Ventoso na cidade de Farroupilha, distante aproximadamente 10 km da Cascata do Paraíso.

Cascata do Paraíso
Salto Ventoso – Crédito: Luís H. Fritsch

Caso você goste de locais altos e com uma vista esplendida da cidade de São Vendelino, recomendamos conhecer o Morro do Diabo, localizado aproximadamente 9 km da Cascata do Paraíso.

Cascata do Paraíso
Morro do Diabo – Crédito: Marcio Basso

O local é propício para esportes de Voo livre como paraglider e parapente ou também um ótimo local para se curtir o pôr do sol, concluindo assim o passeio pelo interior da Serra Gaúcha