Comparativo de Barracas Naturehike

Hoje venho apresentar um comparativo detalhado entre as barracas Star River 2 X Mongar Ultralight 2 da marca Naturehike.

Aqui no nosso site já escrevemos sobre os dois modelos em destaque, caso você tenha alguma dúvida na hora de escolher entre um modelo ou outro, esse comparativo irá lhe ajudar.

Barraca Star River Ultralight 2

  • Dimensões:
  • Externa: 2,15 x 2,61 metros
  • Interna (quarto): 1,31 x 1,10 x 2,15 metros
  • Embalagem: 45 x 15 cm
  • Avanço: 65 cm
  • Janela: 1
  • Varetas: Alumínio 7001
  • Sobre teto e quarto: Nylon 210 T
  • Piso: Polyester oxford 150 D
  • Capacidade Coluna D’água: 3000 mm
  • Impressão de Pé – 120 g
  • Cordeletes e Varetas – 200 g
  • Máximo (Barraca, sobreteto, Varetas, Espeques, Cordeletes e FootPrint) – aprox. 2.373 kg

Barraca Mongar Ultralight 2

  • Capacidade: 2 pessoas
  • Peso aproximado com footprint: 2.020 g
  • Barraca: 1.700 g
  • Espeques e cordeletes: 200 g
  • Footprint: 120 g
  • Dimensões: 210 x 135 x 100 C x L x A
  • Avance: 60 cm x 2
  • Janelas: 2
  • Pack: 50 x 15 cm
  • Coluna d’água piso: 4.000mm
  • Coluna d´água teto: 4.000mm
  • Varetas: Alumínio 7001
  • Sobreteto e quarto: Nylon 20D

Opinião

Nossa

Barraca Star River Ultralight 2

Pontos positivos

  • Tecido Nylon 210 T
  • Coluna de água 3.000 mm
  • Costuras seladas eletronicamente
  • Engates de rápido ajuste
  • Estabilizadores laterais
  • Amplo espaço interno para duas pessoas
  • Duas portas grandes com abertura em “U”
  • É possível sentar na barraca sem encostar a cabeça no teto
  • Suporte para lanterna
  • Varetas em alumínio 7001
  • Espeques em alumínio
  • independente
  • Possui footprint (piso extra)
  • É possível comprar no Brasil
  • Amplo avanços laterais

Barraca Mongar Ultralight 2

Pontos positivos

  • Tecido Nylon 20 D
  • Coluna de água 4.000 mm
  • Costuras seladas eletronicamente
  • Presilhas em alumínio para maior durabilidade
  • Estabilizadores laterais
  • Possui presilha/ilhós para prender nas pontas da vareta central
  • Amplo espaço interno para duas pessoas
  • É possível sentar na barraca sem encostar a cabeça no teto
  • Suporte para lanterna
  • 3 porta objetos amplos
  • Varetas em alumínio 7001
  • Espeques em alumínio
  • independente
  • Possui footprint (piso extra)
  • É possível adicionar avanço extra (vendido separadamente)

Pontos Negativos

  • Não possui presilha/ilhós para prender nas pontas da vareta central
  • As pontas das varetas não são roscadas nas varetas
  • Não é possível adicionar avanços extras
  • Bolsos internos pequenos
  • Peso 2.373 kg (completa)
  • Valor R$ 1.379,00

 

Pontos Negativos

  • As pontas da vareta não são roscadas nas varetas
  • Não pode ser comprada no Brasil (importação oficial)
  • Portas pequenas com abertura em “D”
  • Peso 2.020 kg (completa)
  • Valor R$ 1.499,00

Diferenças na montagem

A barraca Star River Ultralight 2 pode ser montada de duas formas apenas, sendo a primeira com sobre teto e footprint (piso extra – vendido separadamente) e a segunda de maneira completa.

A barraca Mongar Ultralight 2 pode ser montada de três formas, sendo a primeira apenas com o sobre teto, a segunda com sobre teto e footprint  (piso extra – vendido separadamente) e a terceira de maneira completa.

Assista o vídeo completo de montagem dos dois modelos de barraca

Abaixo você pode conferir uma galeria com as melhores fotos capturadas por nossas lentes, mostrando alguns detalhes interessantes de cada modelo em diferentes locais.

Conclusão

O comparativo tem como principal função ajudar você na escolha da sua próxima casa de montanha, mas isso dependerá de você escolher qual dessas duas barracas é melhor para a atividade que você vai realizar.

A Mongar tem 373 gramas a menos, mas nem por isso o modelo Star River pode ser considerada ruim, pois a uma grande diferença de materiais entre elas e medidas.

O que podemos dizer sobre os dois modelos comparados é que a barraca Star River Ultralight 2 é mais adequada para climas frios e a Mongar Ultralight 2 para climas quentes.

Ainda estamos avaliando os dois modelos, no feriado de carnaval levaremos as duas barracas para uma travessia de trekking de três dias pela borda dos cânions Laranjeiras e Funil no estado de Santa Catarina/Brasil, lá poderemos analisar e comprovar todas as suas características de aerodinâmica, impermeabilidade, qualidade dos materiais e muitos outros aspectos.

Se você gostou desse comparativo, deixe um comentário logo abaixo! Caso você queira ver outros comparativos iguais a estes, compartilhe com a gente os produtos que você gostaria de ver aqui no site.

Mochila All Trail

Mochila All Trail 35L – Thule

Hoje venho apresentar a mochila All Trail 35L, estamos a cerca de 5 meses avaliando este modelo lançado pela marca Thule no Brasil, no segundo semestre de 2018.

O modelo de mochila All Trail foi desenvolvido para ser usado em todas as trilhas, sejam elas: trilhas leves, trekkings de vários dias e até mesmo uma mochila para ir para a faculdade ou trabalho.


Características e inovações

A mochila apresenta duas capacidades expressa em litros, sendo de 35 L e 45 L.

A versão feminina à duas cores disponíveis: Cinza/azul e roxo/cinza. Na versão masculina apresenta três cores: Azul, cinza/vermelho e Verde. veja as imagens abaixo:

Mochila All Trail

Fabricada em Dobby Poly 420 D e 330D Ripstop Poliester, esses tecidos garantem a All Trail 35 L robustez e leveza.

O costado é muito confortável, possui um pequeno duto de ventilação que aumenta a circulação de ar nas costas, as alças são anatômicas e totalmente reguláveis, garantindo maior mobilidade ao usuário.

Notamos que o costado, alças e barrigueira é uma evolução dos que são usados nos modelos Versant, tanto as alças como a barrigueira nesse modelo são bem mais acolchoadas, isso é sentido muito bem quando a mochila está totalmente carregada.

Mochila All Trail

Na parte da barrigueira as fivelas funcionam como roldanas, tornando-a fácil de regular. A barrigueira conta com um bolso com zíper em um lado e no outro conta com o sistema Versa-click, esta é uma tecnologia usada pela Thule que a deixa muito mais versátil e adaptável ao usuário. Essa tecnologias está presente nos modelos de mochila: Guidepost, Versant, Capstone e All Trail.

O VersaClick nada mais é que um sistema de engate de acessórios, onde o usuário pode escolher entre quatro modelos: Suporte para garrafa de água, estojo para câmeras fotográficas DSLR, estojo para câmeras fotográficas Mirorless e estojo para magnésio (muito usado por escaladores).

A mochila conta 4 fitas de compressão, sendo 2 em cada lado da mochila, possui também elos de fixação para prender piquetas de gelo/bastão de caminhada nas próprias fitas de compressão.

Mochila All Trail
Mochila All Trail

Conta com 1 bolso telado em cada lado, onde é possível acomodar garrafas de até 1 litro de água ou outros equipamentos.

Um diferencial importante que vale mencionar é a grande abertura frontal em “U”, a mochila não possui capuz como em outros modelos, assim essa abertura facilita muito a organização dos equipamentos no seu interior.

Além da grande abertura a mochila All Trail 35 L conta com mais dois bolsos externos, sendo um na parte frontal e outro na parte superior.

Na parte interna a mochila é dividida em 3 compartimentos, sendo um para o reservatório de água, outro para guardar os equipamentos no geral e o terceiro para acomodar itens que você precise que esteja sempre a mão, como por exemplo: anoraques, lanches e estojo de primeiros socorros. (este compartimento pode ser aberto pela parte frontal da mochila).

Mochila All Trail

Compartimentos

  1. Bolso superior (tamanho pequeno)
  2. Abertura frontal em “U” com zíper
  3. Fitas de Compressão
  4. Elos (looping) para mosquetões/telas
  5. Porta bastão de caminhada de fácil acesso na barrigueira “Versaclick”
  6. Elo (looping) para fixação do bastão de caminhada (trekking pole)
  7. Elo (looping) para fixação de piqueta de gelo (piolet)
  8. Compartimento da Capa de chuva (rain cover)
  9. Bolso para acesso rápido
  10. Porta garrafa de água (squeeze)
  11. Fita peitoral
  12. Regulagem de altura das alças
  13. Bolso com zíper na barrigueira
  14. Passador para a mangueira de hidratação

Especificações técnicas

CorMykonos
SexoMasculino
UsoCaminhada de um dia
Materiais420D Dobby Poly, 330D Ripstop Polyester
Volume35 L
Dimensões32 x 30 x 61 cm
Peso1.26 kg
Número do modelo3203537

Valor aproximado: R$ 1.059,00

Vídeo Thule All Trail 35L

Onde comprar

Este produto é encontrado nas principais lojas do país, caso você seja do Rio Grande do Sul você pode optar pela lojas especializadas em trekking como: Bota na TrilhaGuenoa.

Início dos testes

O teste da mochila começou em Setembro/2018, quando fomos convidados a participar do Thule Experience, um evento realizado pela marca anualmente. O evento aconteceu em um dos locais mais icônicos do montanhismo nacional, à Serra Fina, considerado por muitos uma das trilhas mais difíceis do país.

Mochila All Trail

A trilha que realizamos para testar as mochilas começava no Refúgio Serra Fina e chegava no alto do Capim Amarelo, um cume de 2.570 metros acima do nível do mar, sendo aproximadamente 18 quilômetros de trilhas entre ida e volta.

Mochila All Trail
Crédito: Cristian Stassun

De fato é um bom trajeto para realizar as primeiras impressões da mochila, demoramos um certo tempo para escrever a avaliação da mochila All Trail 35 L, pois queríamos realizar outros testes.

Depois de estrear a mochila na Serra Fina, era hora de avaliar o modelo nas trilhas do sul do Brasil, fiz inúmeras trilhas em leitos de rio, em mata fechada e explorei muitas cachoeiras ao longo desses 5 meses de testes.

Mochila All Trail
Mochila All Trail
Mochila All Trail
Mochila All Trail

Uma das sugestões que tenho de melhoria da mochila All Trail é sobre o porta bastão de caminhada na barrigueira, pois o tipo da presilha que acomoda os bastões não é muito rígida, dificultando o manuseio, tanto para acomodar, quanto para tirar os bastões é as vezes complicado.

Os bastões quando estão ali acomodados eles podem atrapalhar um pouco ao longo da trilha, em algumas travessias de trekking, quando estamos em pequenos grupos em uma fila indiana (um frente ao outro), os bastões ficam escorregando pela presilha, tanto para frente quanto para trás, isso atrapalha o usuário durante a caminhada.

Usei por muitas vezes o modelo em expedições fotográficas, sei que a mochila não foi concebida para esse tipo de aplicação, mas fazer o que, “quem não tem cão, caça com gato”.  Uso essa mochila para ir ao trabalho também, onde levo comigo sempre o notebook, fones de ouvido e algumas materiais de trabalho.

Mochila All Trail

Posso dizer que essa mochila pode ser adaptada para qualquer situação, ela é leve, robusta e estilosa para usar até mesmo no dia a dia.

Se você gostou da nossa avaliação completa, deixe um comentário logo abaixo, veja também mais avaliações de produtos aqui em nosso site. Acesse!

Barraca Mongar

Barraca Mongar 2 Naturehike

Hoje venho apresentar a barraca Mongar 2 da marca chinesa Naturehike, adquirimos este modelo fora do Brasil para assim poder fazer a avaliação completa.

A barraca Mongar 2 é destinada para usuários que vão fazer atividades como: montanhismo, travessias de trekking, cicloturismo ou até mesmo acampamentos em família.

Primeiras impressões

O modelo que estamos avaliando está destacado no site da naturehike como modelo novo, pois é composta por duas cores verde e cinza, muito diferente das vendidas nacionalmente, que geralmente são de uma cor somente, ou é verde ou cinza apenas.

Confeccionada toda ela em Nylon 20D com revestimento em silicone, conta com vareta em alumínio 7001, footprint (piso extra) e espeques também em alumínio, todas as suas costuras são seladas eletronicamente.

A barraca Mongar 2 é bastante leve, pesa cerca de 1.700 gramas (Sobre teto, dormitório e vareta) e 2.020 gramas no total (Sobre teto, dormitório, vareta, footprint, espeques e cordeletes).

A vareta é dividida em duas partes, sendo formada por dois “Y” e mais uma vareta que cruza em seu centro, garantindo assim maior firmeza. Cada parte da vareta é unida por um elástico especial.

Barraca Mongar

O dormitório é construído com uma tela respirável muito fina, que impede a entrada de qualquer inseto, possui duas portas com abertura em “D”,em seu interior conta com 3 porta objetos, sendo 1 na parte superior bem amplo e mais um em cada lado próximo ao piso da barraca.

Barraca Mongar
Dormitório em tecido Mesh B3.
Barraca Mongar
Barraca Mongar

A Barraca Mongar 2 acomoda perfeitamente 2 pessoas mais alguns equipamentos, se a mochila cargueira for de grande capacidade é possível acomoda-la nos avanços laterais, estes possuem cerca de 70 cm de comprimento aproximadamente.

O modelo conta com duas janelas amplas que fazem com que o ar circule dentro da barraca, permitindo a troca de ar.

Barraca Mongar
Barraca Mongar

Para maior firmeza em climas desfavoráveis e rajadas de vento a barraca Mongar 2 tem quatro cordeletes de sustentação, localizados próximos as janelas.

Características do Fabricante:

  • Capacidade: 2 pessoas
  • Peso aproximado com footprint: 2.020 g
  • Barraca: 1.700 g
  • Espeques e cordeletes: 200 g
  • Footprint: 120 g
  • Dimensões: 210 x 135 x 100 C x Lx A
  • Avance: 60 cm x 2
  • Pack: 50 x 15 cm
  • Coluna d’água piso: 4.000mm
  • Coluna d´água teto: 4.000mm
  • Varetas: Alumínio 7001
  • Sobre teto e quarto: Nylon 20D

Montando a barraca Mongar 2

Essa barraca foi construída de maneira inteligente, tornando-a mais fácil e rápida de montar do que a grande maioria das barracas vendidas nacionalmente.

O que a torna especial é o fato que em todos os lados da barraca, tanto no footprint como no dormitório e no sobre teto, possuem presilhas feitas inteiramente em alumínio, isso possibilita um acerto na montagem, garantindo maior leveza e durabilidade para o modelo.

Barraca Mongar
Barraca Mongar
Presilha da vareta central.

A barraca Mongar 2 pode ser montada de três maneiras diferentes, sendo apenas com o sobre teto, com footprint e sobre teto e de maneira completa. Veja as imagens abaixo:

Barraca Mongar
Montagem apenas com vareta e sobre teto.
Barraca Mongar
Montagem com footprint, vareta e sobre teto.
Barraca Mongar
Montagem completa.

Assista o vídeo da montagem completa

Acessórios

Para este modelo a dois acessórios disponíveis vendidos separadamente, o primeiro deles é o Footprint (Piso extra). O segundo é um avanço extra que possui as seguintes características:

  • Tecido: Nylon 20D
  • Peso com embalagem: 680 gramas
  • Capacidade 1/2 pessoas
  • Vareta: Alumínio
  • Coluna de água: 3.000 mm
  • Três estações
  • Medidas: 180 x 210 cm (comprimento x largura)
  • Pacote: 10 x 10 cm
Barraca Mongar
Fonte: Naturehike
Barraca Mongar
Fonte: Naturehike

Ainda iremos fazer alguns testes com esse modelo de barraca, mas já podemos adiantar que a barraca Mongar 2 nos agradou imensamente.

Nos próximos meses estaremos indo para uma travessia de trekking pelos Cânions Laranjeiras e Funil no estado de Santa Catarina, lá terminaremos a nossa avaliação e postaremos todos os pontos positivos e negativos dessa barraca, junto com fotos incríveis. Vem com a gente!

Também realizaremos dois comparativos, o primeiro sendo entre a barraca Mongar e Star River 2 e o segundo entre a Mongar 2 e a MSR Hubba Hubba NX.

Bota Salomon X Ultra Trek GTX W

Hoje venho apresentar a vocês um dos calçados mais robustos da marca francesa Salomon, a Bota X Ultra Trek GTX W é um calçado destinado para atividades de hiking (caminhas leves), Trekking (caminhas longas por vários dias na natureza), podendo ser usada na neve ou não.

O modelo avaliado aqui é feminino, pois a aqui no Brasil os representantes da marca, não estão mais fornecendo a numeração 38 para o público masculino.

A bota X Ultra Trek GTX W  é composta por 45,9 % em couro, 38,4% em couro sintético e 15,7 de tecido isso garante a ela ser uma das botas mais leves do mercado outdoor com 1060 gramas o par aproximadamente.

Tecnologias empregadas

Goretex é uma das melhores membranas impermeáveis e respiráveis do mundo, ela faz o trabalho mais difícil dentro do calçado impedindo a água de entrar no interior da bota e retira o suor gerado pelo aquecimento dos seus pés.

Entenda melhor:

Imagine a membrana Goretex como uma peneira, com inúmeros orifícios, estes são menores que uma gotícula de água, dessa maneira a água não entra para o interior do calçado e possibilita a retirada do suor.

Ortholite está presente nas palmilhas, esta é fabricada em espuma específica com EVA, tem a função de proporcionar um ambiente seco e saudável para seus pés. Além disso a palmilha se mantem resistente com o passar dos anos, sem ao menos se deformar.

Advanced Chassis está presente entre a sola e a palmilha da bota X Ultra Trek GTX W, tem como principal função de maximizar o controle de movimentos e ajudar na tomada de impulsos durante as trilhas, além disso ainda aumenta a estabilidade e eficiência em cada pisada. Em outras palavras este chassis faz com que seu pé se comporte de maneira correta e evita que você pise de maneira errada, aumentando a vida útil do solado e fazendo com que o desgaste seja de forma padrão.

O Solado Contagrip, produzido pela Michelin, é um dos mais duráveis disponíveis hoje no mercado. Com no mínimo 800km de vida útil, o Contagrip foi projetado à partir de várias combinações diferentes de dureza, oferecendo a perfeita aderência e durabilidade para cobrir terrenos mistos. Projetado especificamente para terrenos desnivelados estes solados são testados em campo e os resultados satisfazem até o mais exigente dos aventureiros.

Essa bota possui o cano mais alto do que a maioria dos modelos da Salomon.

Avaliação completa:

Já se foram seis meses aproximadamente de testes com a bota X Ultra Trek GTX W Salomon, testamos ela na areia, praias e por muitas trilhas na grande Florianópolis/SC, usamos também em inúmeras trilhas aqui na serra gaúcha e algumas travessias de trekking pelo Cânion Espraiado. Já percorremos desde então uns 300 km aproximadamente.

Geralmente caminhar em regiões de cânions é um misto de aventuras, pois na grande maioria dos cânions do sul do brasil possui uma vegetação rasteira conhecida como “turfeiras” estas são sempre encharcadas. Durante a nossa travessia de 4 dias no Campo dos Padres e Cânion Espraiado a bota se manteve seca na parte interna, atravessamos mais de 20 km sobre turfeiras, poças de lama e riachos, e nenhuma gota de água entrou.

O que geralmente acontece quando usamos botas com membrana impermeável/respirável Goretex, conforme for a temperatura no local, somando a quantidade de horas de caminhada, os pés incham e suam um pouco, mas nada em exagero.

Quando for adquirir um calçado para trilhas, lembre-se de sempre usar um número maior que o habitual, dessa maneira você sentirá mais conforto nas trilhas, principalmente nas subidas e descidas íngremes.

Um dos inúmeros pontos positivos dessa bota, é o amortecimento de impactos, quando estamos usando mochilas cargueira, ela distribui muito bem o peso do corpo, os passadores dos cadarços são de metal, o que garantem melhor amarração, evitando assim que se soltem ou quebrem com o passar dos anos.

A bota X Ultra Trek GTX W Salomon é muito leve, confortável e robusta, possui boa estrutura no calcanhar, nas laterais e na biqueira que impedem que você venha torcer o calcanhar durante alguma atividade esportiva.

O único ponto negativo que encontramos nesse modelo, é o seu alto valor de mercado, cerca de R$ 1.399,00 isso conforme for a variação do dólar, pois sabemos que o modelo é importado da França.

Caso você queira adquirir este modelo de bota, entre em contato com a nossa loja parceira Patos do Sul, localizada na cidade de Caxias do Sul/RS – Brasil. Nosso querido público leitor tem descontos especiais na loja, para ganhar este desconto, você só precisa nos encaminhar um e-mail para luis@trekkingrs.com.

Curtlo BR

Avaliação Corta Vento Fearless

Apresento a avaliação completa do Corta Vento Fearless da marca brasileira Conquista Montanhismo, estamos avaliando este produto há cerca de três meses em em todo esse período de uso contínuo, colocamos o produto a prova em diferentes tipos de climas e situações, podendo assim constatar toda a sua eficiência.

A jaqueta foi adquirida em parceria com a loja Patos do Sul, localizada na rua Humberto de Campos, n° 906 – Caxias do Sul/RS. A Helen proprietária da loja forneceu produto para que pudêssemos avaliar com clareza e sinceridade todas as suas funcionalidades de uso, mantendo sempre um olhar crítico e com imparcialidade.

Características do Corta Vento Fearless

O Corta Vento Fearless foi desenvolvido para diversas atividades ao ar livre, podendo ser usado para as praticas de trekking, hiking, bike, escalada, corridas em trilhas, montanhas e claro no dia a dia.

Construído com tecido 100% Poliamida, o produto é leve, confortável, durável, bonito, ultra-compacto e veste muito bem ao corpo, o modelo conta as seguintes cores, sendo: azul escuro, azul claro e preta na versão masculina e mais a cor rosa na versão feminina.

Além disso sua abertura é feita por um zíper total com puxador, facilitando o manuseio usando luvas, na parte de cima do zíper há um pequeno compartimento para guardar a lapela, possui ainda proteção interna que impede que o zíper entre em contato com a pele e na parte frontal conta com dois bolsos com zíper.

Avaliação Corta Vento Fearless

Avaliação Corta Vento Fearless

Para melhorar ainda mais o conforto do usuário a jaqueta Corta Vento Fearless tem dois ajustadores na cintura para melhor conforto do usuário, capuz não removível com ajuste e mangas com elásticos.

Avaliação Corta Vento Fearless

Detalhes interessantes

Para guardar de forma ultra-compacta o Corta Vento Fearless só necessita ser colocado dentro de um dos dois bolsos frontais e fechar o zíper, assim todo o corta vento pode ser muito bem guardado dentro de qualquer compartimento da mochila.

Todos os zíperes usados pela marca Conquista Montanhismo são do tipo YKK, isto é, não emperra ou quebram com o passar dos anos.

Avaliação Corta Vento Fearless

Avaliação Corta Vento Fearless

O corta vento possui alguns detalhes reflexivos em seu design, estes são: os dois logos da marca Conquista Montanhismo localizados frente/trás e na manga direita no descritivo FEARLESS.

Especificações:

  • Tecido 100% poliamida;
  • Peso: 120 g;
  • Tecnologia Dry Vanted;
  • Garantia de 1 ano.

Avaliação completa

Usamos a jaqueta Corta Vento Fearless em diversas viagens no sul do Brasil, mais especificamente no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Pudemos avaliar com clareza todas as suas funcionalidades, subimos montanhas e fizemos travessias de trekking, com chuva, enormes quantidade de vento e umidade.

Em ocasiões de vento leve e moderado o Corta Vento Fearless deu conta do recado, mantendo o corpo aquecido e não deixando entrar o ar externo, mas em situações severas de ventos a jaqueta Fearless não teve uma boa eficiência e deixou a desejar.

Em relação a transpiração/umidade a jaqueta se saiu bem em todos os quesitos, o modelo Fearless é muito transpirável, retira facilmente a umidade do corpo sem deixar resíduos ou mau cheiro.

Um dos quesitos do corta vento que chamou bastante nossa atenção, foi seu poder compactação, o Fearless já fica muito pequeno colocando dentro do seu bolso original, compactamos ainda mais e conseguimos deixar praticamente a metade do volume que o fabricante recomenda, apenas enrolando-o.

Caso você esteja procurando um corta vento leve, confortável e ultra compacto, recomendamos o modelo Fearless.

Na loja Patos do Sul você encontra esse modelo pelo valor de R$ 183,00 à vista ou R$ 215,00 parcelado.

Avaliação Corta Vento Fearless

Conheça também outros vestuários avaliados por nossa equipe:

Avaliação Fleece Vibe Sandstone Conquista

Hoje trago a vocês a avaliação completa do Fleece Vibe Sandstone da marca brasileira Conquista Montanhismo, estamos avaliando este produto há cerca de seis meses em em todo esse período de uso contínuo colocamos o produto a prova em diferentes tipos de climas e situações, podendo assim constatar toda a sua eficiência.

O casaco foi adquirido em parceria com a loja Patos do Sul, localizada em Caxias do Sul/RS, localizada na rua Humberto de Campos, n° 906. A Helen proprietária da loja forneceu produto para que pudêssemos avaliar com clareza e sinceridade todas as suas funcionalidades de uso, mantendo sempre um olhar crítico e com imparcialidade.

Fleece Vibe Patos do Sul

Começo essa avaliação falando primeiramente do desing deste fleece, ele possui todas as características dos moletons do tipo “canguru” isso me chamou muita atenção, pois poucas marcas fazem casacos desse tipo.

Fleece Vibe
Fleece Vibe Sandstone

Possui zíper frontal YKK do tipo ZIP, onde este tem abertura até a metade do peito, ainda possui um pequeno compartimento para guardar a lapela do zíper quando totalmente fechado, também conta com acabamento interno impedindo assim que o zíper entre em contato com a pele. Conta ainda com dois bolsos frontais abertos e capuz. O Fleece Vibe Sandstone é construído de maneira simples, mas muito bem desenhado. Nos punhos e na cintura possui acabamento com tecido diferente, o que proporciona maior conforto aos usuários.

Fleece Vibe
Zíper frontal YKK do tipo ZIP

Fleece Vibe
Zíper YKK, mundialmente conhecido por serem muito fortes, duráveis e não trancam nunca.

Fleece Vibe
Etiqueta série Sandstone

Fleece Vibe
Bolso frontal

Fleece Vibe
Acabamento das mangas/punhos em Lycra

Características dos tecidos utilizados:

A dois tipos de tecidos usados na fabricação deste fleece um deles é o Micro Soft Light que está presente em boa parte do modelo, já o outro é o Lycra, está localizado nos punhos e cintura. Possui um ótimo toque e não cria bolinhas, mesmo lavando na maquina de lavar usando produtos convencionais de lavagem.

Este modelo conta com uma gramatura no tecido de 150g/m², para entender isso vamos tentar explicar de maneira simples, para que você entenda e saiba comparar com outros produtos.

Vamos começar! Os modelos de fleece possuem gramaturas diferenciadas, cada fabricante define a quantidade de tecido usado para cada produto, essa diferença no valor da gramatura interfere diretamente no conforto do usuário, pois quanto menor for este número, mais vento passa pelas tramas do tecido, e menos mantem o corpo aquecido. É possível fazer um teste antes de comprar o produto, existem duas maneiras, a primeira é você colocar contra a luz e ver a quantidade de luz que passa entre as tramas, a segunda maneira é assoprar em cima das tramas para ver o quanto é bom em caso de ventos.

No Brasil podemos encontrar diferentes gramaturas nos tecidos, podemos encontrar fleeces de 100 D até 300 D, os de 400 D, 500 D e assim por diante são encontrados fora do Brasil, geralmente estes com maior densidade são usados especificamente para atividades em altitude e alta montanha.

Onde usar:

O Fleece Vibe Sandstone pode ser usado tanto na cidade quanto em atividades ao ar livre, usamos este casaco em muitas viagens desde então, trilhas leves na Serra Gaúcha, trekkings pesados no estado de Santa Catarina e em nossa última viagem a Patagônia Argentina e Chilena.

Especificações técnicas fabricante:

  • Tecido: Micro Soft Light 150g/m²;
  • Tamanho/Peso: P 275g, M 285g, G 300g, GG 320g e XG 340g.

Avaliação completa Fleece Vibe Sandstone:

Começamos a avaliação deste equipamento no dia 21 de maio de 2017 nas trilhas envolventes da Serra Gaúcha, trilhas estas que, muitas vezes é em meio a matas densas, atravessando rios e pequenos riachos, aqui o clima é sempre um dilema, por isso sempre temos que andar precavidos com roupas extras, este fleece “canguru” isola muito bem a temperatura corporal, possui boa densidade de material e é ótimo para usar na cidade ou em viagens, sejam elas a passeio ou a trabalho.

Fleece Vibe
Cachoeirão – Nova Roma do Sul/RS

Em setembro de 2017 realizamos uma travessia nas bordas dos cânions, eram 80 quilômetros de trekking na cidade de São José dos Ausentes, um dos lugares mais frio do nosso estado. Nos quatro dias de travessia, tivemos inúmeros momentos onde passávamos por rajadas de ventos durante as manhãs e a noite, usei o Fleece Vibe Sandstone nos quatro dias, somente quando começava a ventar muito forte que era necessário por a jaqueta corta vento, isso me chamou bastante a atenção, pois a grande maioria dos produtos similares, não possuem boa eficiência em climas assim, outro detalhe que vale mencionar é o capuz, este foi um grande aliado na hora de sair da barraca pela manhã, pois geralmente estava bem frio e ventando, estar usando este fleece garantiu mais versatilidade e conforto em nossas aventuras.

Na nossa última viagem nos dias 15 a 23 de Outubro de 2017 concluímos todos os testes que faltavam, antes de escrever aqui os resultados. Pois o lugar escolhido era a Patagônia Argentina e Chilena, estávamos lá no final da primavera, quase inciando o verão, as temperaturas estavam boas, nem muito frio, nem muito quente, entre -2° negativos a 5° positivos. Um certo dia já na cidade de Ushuaia, levantamos cedo para ver o nascer do Sol, estava meio nublado e chuviscando, o vento que sobrava, parecia que congelava as partes do corpo que não estavam agasalhadas. Neste mesmo dia nevou por algumas horas e a temperatura despencou, não sei ao certo a temperatura, mas estava perto dos -5° negativos em plena manhãzinha. Este era de fato o teste que estava faltando para concluirmos nossa avaliação. Neste dia o Fleece Vibe Sandstone não deixou o calor escapar, fizemos todas as atividades durante boa parte do dia tranquilamente, o único ponto que deveria ser melhorado ao meu ver são os dois bolsos frontais, estes deveriam ter zíperes, e em cada zíper ter uma pequena cordinha para poder manuseá-los quando estamos usando luvas. sugerimos a marca que faça essas pequenas alterações no produto.

Fleece Vibe
Torres del Paine/Chile

No geral gostamos muito de avaliar o Fleece Vibe Sandstone, ele superou nossas expectativas de conforto versatilidade, com certeza nos acompanhará por muitos anos nas viagens que vierem. recomendamos o uso desta roupa técnica de aventura.

Caso você queira adquirir este produto, ele está disponível na Loja Patos do Sul para a compra no valor de R$ 200,00 reais.

Veja outros produtos da marca Conquista Montanhismo já avaliados por nossa equipe, clique no link a seguir: Conquista Montanhismo.