Mulheres que viajam são diferentes das outras, saiba porque?

Elas têm ambições que poucas têm, uma inquietude dentro de si e um espírito de liberdade que ninguém ousaria tirar. Com o conselho “não namore uma mulher que viaja“, um vídeo que circula pela internet mostra o porquê de não fazer isso, além de imagens que vão te dar vontade de fugir agora mesmo. Não dela, mas com ela.

O vídeo, editado por Jonathan Wallace, é uma compilação de imagens de 32 filmes, comerciais e videoclipes, que inspiram a vontade permanente de viajar. Repleto de imagens inspiradoras, transmitem como viajar pode ser magnífico e uma grande mudança de vida. A mulher que viaja, sozinha ou acompanhada, nunca mais será a mesma depois de trilhar tantos caminhos e se entregar a aventura.

A ideia do vídeo foi baseada num artigo escrito por Adi Zarsadias, com narração de alguns trechos de seu texto. No final das contas, talvez você deva sim namorar uma mulher que viaja, mas só se tiver pique suficiente para acompanhá-la e o desprendimento necessário para deixá-la livre. Afinal, é impossível você ter em mãos um coração tão selvagem, cheio de sede de viver. E isso não significa que você estará fora dele:

Não namorar uma garota que viaja de Jonathan Wallace on Vimeo .

“Nunca namore uma garota que viaja, ela é aquela garota com cabelo despenteado e queimado pelo sol. Sua pele agora está longe daquele tom pálido que já foi um dia. Não chega nem a ser bronzeada. É queimada mesmo, com diversas marcas de sol, cicatrizes e picadas por toda parte. Mas cada uma dessas marcas carrega histórias interessantes de suas experiências na estrada”.Mulheres que viajam

Não namore uma garota que viaja, nunca. Ela é difícil de agradar. Na verdade mesmo ela é diferente. O tradicional jantar mais cineminha depois de uma caminhada no shopping não irá funcionar com ela e a entediará. Sua alma anseia por novas experiências e aventuras. Ela não se impressionara com seu novo carro ou seu relógio caro. Ela prefere escalar uma montanha ou saltar de paraquedas do que ouvir você se gabar.

Mulheres que viajam

Nunca namore uma mulher que viaja. Ela vai te incomodar para fazer uma nova reserva de voo toda vez que encontrar passagens aéreas baratas. Ela não vai te acompanhar em suas festas caras. E ela nunca vai pagar mais de R$ 100,00 para entrar em algum lugar, porque ela sabe que um fim de semana de baladas caras equivale a uma semana em algum lugar bem mais emocionante.

Mulheres que viajam

É muito provável que ela não consiga manter um emprego fixo. Ou então provavelmente estará diariamente sonhando com o dia de demitir-se. Ela não está disposta a trabalhar durante todos seus dias, para realizar o sonho de outras pessoas. Ela tem seus próprios e trabalha constantemente para realizá-los. Ela é uma freelancer, nômade digital. Ela ganha dinheiro com sua escrita, suas fotografias, ou algo que exija criatividade e imaginação. E não ouse em ocupar o tempo dela para reclamar do seu emprego tedioso.

Mulheres que viajam

Não namore uma garota que viaja. Ela pode ter perdido seu diploma universitário e estará seguindo uma carreira completamente diferente. Agora ela é instrutora de mergulho ou professora de yoga. Ela nem sabe exatamente quando entrará o próximo pagamento. Mas mesmo assim ela não trabalha como um robô durante todo o dia. Ela sai, aprende alguma coisa nova diariamente e recebe o que a vida tem de melhor para oferecer. Ela te desafia a fazer o mesmo.

Mulheres que viajam

Nunca namore uma mulher que viaja, pois ela optou por essa vida de incertezas. Ela não tem planos e nem endereço fixo. Ela caminha com o fluxo e segue seu coração. Ela dança ao ritmo de seu próprio tambor. Ela não usa relógios. Seus dias são regidos pelo sol e a lua. Quando as ondas chamam, sua vida para e ela se entrega de corpo e alma aquele momento. Mas ela aprendeu que a coisa mais importante da vida não é o surf.

Mulheres que viajam

Não namore uma menina que viaja. Ela costuma falar o que pensa. Ela nunca se esforçará para impressionar seus pais, amigos ou quem quer que seja. Ela sabe respeitar, mas não terá medo de entrar em um debate sobre questões globais e responsabilidade social.

Mulheres que viajam

Ela nunca precisará totalmente de você. Ela sabe como armar uma barraca e colocar as quilhas em sua própria prancha. Sozinha, sem sua ajuda. Ela sabe cozinhar e não precisa de você para pagar por suas refeiçoes. Ela aprendeu na estrada como se virar sozinha. Ela é muito independente e irá viajar com ou sem você. Provavelmente ela se esquecerá de fazer o check-in com você quando chegarem ao destino. Ela estará muito ocupada vivendo o presente. Ela fala com desconhecidos. Ela irá conhecer diversas pessoas novas e interessantes de todos os cantos do mundo e que compartilham seus mesmos sonhos e paixões. Ela vai ficar entediada com você.

Mulheres que viajam

Mulheres que viajam

Sendo assim, nunca namore uma garota que viaja a menos que você consiga acompanhá-la em suas aventuras. E se você, acidentalmente, se apaixonar por uma (o que não é difícil), não ouse prendê-la. Deixe-a ir…

O artigo original foi escrito por Adi Zarsadias.

6 Comments

  • Tomoko,

    Luis, parece que vc nos entende… mulheres que foram contaminadas por viagens. Vc se apaixonou por uma?
    Gratidão pelo texto lindo que foi me dedicado por um amigo !!!

  • Stela Anderson,

    Muito bom!!!!! Eu viajei por 1 ano de mochila, sozinha, e me encaixo em quase todas essas coisas!!! hahaha Aliás, pra incentivar a mulherada a ir sozinha mesmo, criei http://www.vousozinha.com.br *O 1o Curso Pra Mulheres Que Querem Viajar Sozinhas* Vale a pena conferir. Incrições apenas até 17.07. Aulas já em 18.07.

  • Teca Arantes,

    Perfeito! Explicou quem sou desde pequena… e porque nunca me encaixei nas expectativas “normais” das pessoas…. Obrigada!

  • Leontina Barzotto,

    Bem assim. É assim que eu me sinto.

  • Adelina pires,

    Meu deus,tão eu..

  • Rosilene Martins da Silva,

    Você entendeu exatamente, oque eu quis dizer sobre liberdade! Parabéns pela sua sensibilidade e pela forma que descreveu, mulheres que sabem oque é liberdade

  • O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Previous reading
    Bungee jump na serra gaúcha!
    Next reading
    Explorando a Serra Gaúcha!