Ferrovia do Trigo e seus encantos!

Ferrovia do Trigo e seus encantos!

A Ferrovia do Trigo – RS inaugurada em 1978 pelo presidente Ernesto Geisel, recebe anualmente milhares de turistas, destacando-se mochileiros e viajantes, que fazem a travessia a pé do sentido Guaporé a Muçum, essa travessia tem aproximadamente 52,7 quilômetros.

Em todo o trajeto da ferrovia do trigo existem 26 pontes e viadutos e também 34 túneis. Desses, 21 estão entre Guaporé e Muçum – sendo que, neste trecho, saindo de Guaporé o primeiro grande viaduto é o Mula Preta, situado no município de Dois Lajeados, é um dos grandes símbolos da Ferrovia do Trigo. Construído com arrojada tecnologia para a época (anos 60 e 70), tem suas colunas de sustentação feitas em concreto armado, com uma altura máxima de 98 metros no pilar central e os dormentes que sustentam os trilhos, totalmente assentados em estrutura metálica. Seu comprimento é de 360 metros. Outro detalhe interessante, é que o viaduto não possui corrimões nas laterais, fazendo com que os trens que passam por ele fiquem literalmente com grande parte da composição exposta ao abismo que o viaduto proporciona. Destaca-se também por ter sido construído em formato de curva; para a direita no sentido Guaporé-Muçum, e para a esquerda no sentido Muçum-Guaporé. Vale a pena conferir esta fantástica obra que resiste ao tempo.

Ferrovia do Trigo
Viaduto Mula Preta – Dois Lajeados/RS

Para melhorar mais a experiência da travessia da Ferrovia do Trigo, é imperdível acordar cedo e ver o amanhecer com serração da serra gaúcha (de preferência em alguma ponte alta). A neblina que aos poucos se eleva da vegetação densa encontrada nos vales, diminui a visão do caminhante a poucos palmos de profundidade, proporcionando uma sensação de estar caminhando em direção a algum lugar imaginário…

Ferrovia do Trigo

Se você esta fazendo a travessia da Ferrovia do Trigo no sentido Guaporé a Muçum, existe um lugar de descanso ao longo da linha férrea, este ponto de  parada é chamado Casa Recanto da Ferrovia, possui áreas de camping, banheiros com chuveiros, bar e internet WIFI, o valor da estadia é de R$ 20,00 por pessoa. Aqui o aventureiro tem a possibilidade de confraternizar com as demais pessoas, ter aquela troca de experiencias muito legal junto a uma fogueira com luau.

Ferrovia do Trigo
Casa Recanto da Ferrovia
Ferrovia do Trigo
Casa Recanto da Ferrovia
Ferrovia do Trigo
Viaduto Pesseguinho, ao fundo Casa Recanto da Ferrovia

Com 268m de extensão e 87,8m de altura, o Viaduto Pesseguinho é o 20º da Ferrovia do Trigo, um dos viadutos metálicos preferidos para a prática do Rappel.

Ferrovia do Trigo
Viaduto Pesseguinho
Ferrovia do Trigo
Foto: Maurício Tetel
Ferrovia do Trigo
Foto: Maurício Tetel

Assista o vídeo:

Outro grande atrativo da Ferrovia do Trigo é a cascata subterrânea. localizada junto a linha férrea no sentido Dois lajeados/Vespasiano Corrêa – RS.

Ferrovia do Trigo

Lá é possível fazer uma descida conhecida como “Cascading” é um esporte de aventura que consiste na exploração progressiva de uma cachoeira.

Ferrovia do Trigo
Foto: Renato Grimm
Ferrovia do Trigo
Foto: Renato Grimm

No mesmo caminho seguindo para Vespasiano Corrêa, podemos observar um túnel bem longo, que em seu meio possuí janelas, que fazem o túnel ventilar por causa do monóxido de carbono expelido pelos trens.

Ferrovia do Trigo
Viaduto Janelado

Depois de passar por este belíssimo túnel vem um grande atrativo da Ferrovia do Trigo que é conhecido como Viaduto 13 ou Viaduto do Exército.

A denominação 13 tem sua origem no fato de ser o 13º de uma seqüência de viadutos que se inicia no centro da cidade de Muçum, conhecida como a “Princesa das Pontes”.

Com seus 143 metros de altura e 509 de extensão, foi inaugurado pelo então presidente Ernesto Geisel em 19 de agosto de 1978, e é tido como o maior viaduto ferroviário da América Latina e o segundo mais alto do mundo, superado apenas pelo Viaduto Mala Rijeka, em Montenegro, de 198 metros de altura.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Vídeo produzido pela empresa: ImagemAereaRS

“O Viaduto do Exército, conhecido também como Viaduto 13, é a denominação dada a um viaduto ferroviário existente na Ferrovia do Trigo, a EF-491, no trecho entre os municípios de Vespasiano Correia e Muçum, no Rio Grande do Sul.

DSCN0951
Viaduto 13

Seguindo em direção a cidade de Muçum, passamos pelo ultimo viaduto vazado da Ferrovia do Trigo, conhecido como Viaduto 11.

1401151_497571540342237_1615781784_o
Viaduto 11
Ferrovia do Trigo
Viaduto 11

Na cidade de Muçum/RS, em frente ao posto já temos uma pequena mostra do que virá pelo resto do dia: um enorme paredão com o slogan do município “Muçum, a princesa das pontes”.

Ferrovia do Trigo

A ponte que atravessa o Rio Taquari, com extensão de 289 metros, tem a linha ferroviária mais elevada através de arcos, sendo que a rodovia passa alguns metros mais abaixo.

Ferrovia do Trigo

Faz parte da Ferrovia do Trigo e da Rodovia RS-129. A majestosa Ponte Rodo-Ferroviária Brochado da Rocha, deu o título a Muçum de Princesa das Pontes.

Ferrovia do Trigo

Mapa de toda a travessia da Ferrovia do Trigo – RS

Ferrovia do Trigo

Conheça a empresa Pé nos Trilhos – Trekking Ferroviário:

penostrilhos 10

Especializada em trekking pelas ferrovias do Rio Grande do Sul, conhecendo sua história e explorando todas as belezas do local.

Contato: penostrilhos@yahoo.com.br

Assista o vídeo da travessia da Ferrovia do Trigo – RS:

TrekkingRS:

Comentários

Comentário(s)

11 Replies to “Ferrovia do Trigo e seus encantos!”

  1. Gostaria de fazer essa trilha entre setembro e agosto.
    Existe alguma equipe formada, há alguma informação que poderá ser dada?

     
     
    Summary
  2. Amigo, bom dia.
    Gostaria de fazer a travessia no começo do ano de 2017, e gostaria de me informar qual o sentindo o melhor fazer a travessia: Guapore/Muçun ou Muçun/Guaporé? E quantos dias dura a travessia, 3 ?
    Desde já, muito obrigado
    Att
    Gustavo Polessi

     
     
    Summary
    1. Boa noite Gustavo!
      O melhor sentido é de Guaporé a Muçum, se o seu desejo é aproveitar a paisagem, recomendo 3 dias, mas é possível fazer em 2 dias também!
      Abraço.

       
       
      Summary
  3. Boa tarde…
    Quero fazer a travessia em Setembro Setembro temos o grupo montado…prwcisa de um guia ou podemos fazer por conta…

     
     
    Summary
    1. Olá Ricardo, Um guia é essencial para qualquer aventura, pois irá enriquecer suas vivências no local, mas também é possível fazer por conta própria.

       
       
      Summary

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *