Se você é  viajante ou um simples aventureiro, vamos dar algumas dicas de como diagnosticar uma doença que está tão presente nos dias atuais e que os viajantes são os mais afetados.

Se você apresentar mais que dez sintomas dos sintomas listados a seguir, então é melhor começar a tomar certos cuidados!

Estes são alguns dos sintomas causados pela doença Ecdemomania:

  • Viajar frequentemente;
  • Sua mochila nunca está totalmente vazia;
  • Você tem mais amigos em outras cidades do que na sua própria cidade;
  • Acordar em casa parece estranho;
  • Você consegue fazer sua mala/mochila em menos de cinco minutos;
  • Ter uma lista com os principais destinos;
  • Passar dias fora de casa;
  • Ter um mapa Mundi para colorir em casa;
  • Querer viver novas culturas;
  • Conhecer lugares novos;
  • Direcionar o dinheiro para viagens;
  • Querer estar em mil lugares ao mesmo tempo;
  • Tem o habito de ligar o computador só para ver se tem promoção de passagens;
  • Pensar no próximo destino sem nem ter terminado a viagem atual;
  • Quase todas as suas roupas estão relacionadas com nomes, emblemas ou cores de outros países ou cidades.

Significado de Ecdemomania:  Desejo, considerado fora do normal, de estar longe de casa; vontade patológica de perambular longe de casa; obsessão por viagens; fugir de casa.

Tudo isso é bem comum para pessoas viciadas em viagem. Porém, devemos atentar até que ponto isso está interferindo em nossas vidas.

Cuidados a serem tomados:

A nossa própria vida é uma louca viajem que jamais sairemos vivos, se caso seus familiares pedirem sua atenção para ficar e curtir com eles, faça, pois cada experiencia que passamos em nossas vidas é única. Sabemos que viajar é bem importante, mas sem exageros, você pode achar que tem muitos amigos fora da sua cidade, mas uma coisa é certa, as pessoas que você mais pode contar, estão, normalmente, muito perto de você, seus familiares.

Existe um mundo enorme esperando para ser explorado, mas vá aos poucos e com moderação, caso contrário esse vício tão delicioso pode ser bem prejudicial. Já imaginou uma pessoa tendo que ser tratada por médicos por ser viciada em viajar?

Texto: Luís H. Fritsch

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous reading
Chuva, aliada ou inimiga dos aventureiros?
Next reading
Saco de Dormir Trek Lite +3ºC – Deuter